Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (942)  
  Crônicas (726)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2532)  
  Resenhas (131)  

 
 
Biologia Ambiental
Maristela Zamoner
R$ 97,80
(A Vista)



Diário de Um Pensador...
Dudu Souza (Cleomacio...
R$ 22,10
(A Vista)






   > Alzheimer



Márcia Sanchez Luz
      POESIAS

Alzheimer

Em memória de minha mãe, Nilze, que partiu no dia 19 de setembro de 2012 e nos deixa cheios de saudades...



O olhar distante, a fala deprimida,
uma canção antiga na vitrola,
a busca inútil no vazio da vida
que traz no vento a dor que desconsola.

Chegando a noite veste a camisola
e nutre a espera, como se fingida
fosse em querer lembrar porque se isola
de um mundo onde a memória é já perdida.

De manhã cedo os pássaros deslizam
por sobre seu jardim para avisar
que o dia que chegou é na verdade

um tempo onde a palavra é só saudade
de um astro que não pode mais brilhar.
Recordações agora se anarquizam...

 
(Do livro "Quero-te ao som do silêncio!")


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui