Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (942)  
  Crônicas (726)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2532)  
  Resenhas (131)  

 
 
Nas Asas do Coração
Ingrid Regina...
R$ 42,50
(A Vista)



A Secretaria do Oeste
Evaldo Cassol
R$ 43,20
(A Vista)






   > Soneto do amor



Carlos Eugênio Sombra Moreira
      POESIAS

Soneto do amor


Minhas lágrimas transformam-se em rosas
São pétalas jogadas, folhas soltas ao vento
São poemas de amor, aventuras, são prosas
São rubis que iluminam o meu pensamento.
 
São aves de rapina que saqueiam o tempo
Batendo suas asas para o vento tocar
São sinceras naquele exato momento
Mas faltam verdades, ao tempo passar.
 
O amor que encanta tem seu desatino
Em sua eternidade no tempo que dura
E que seja eterno ao passo que ame...
 
Mas, que seja amor, ao tempo que perdura
Pois é chama que aquece a essência da vida
E se me falta amor, resta apenas amargura.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui