Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Divulgação científica Bioindicadores, relatores ambientais

Bioindicadores são fatores bióticos empregados para o reconhecimento de condições (passadas, presentes ou futuras) de ecossistemas. As espécies estão adaptadas para sobreviver, se reproduzir e realizar relações ecológicas em condições ambientais específicas. Desta forma, a presença de cada tipo de ser vivo indica características físicas, químicas e estruturais do ambiente em que se encontra. De maneira geral, as características dos melhores bioindicadores são: · limites de tolerância estreitos – sensíveis a pequenas mudanças ambientais; · abundância; · identificação... (leia mais)

Maristela Zamoner




DIREITOS CULTURAIS EM PERSPECTIVA: A FAVOR OU CONTRA?

A 10 de dezembro de 1948 era adotada e proclamada a resolução 217 A (III), pela Assembléia Geral das Nações Unidas. A Declaração Universal dos Direitos Humanos encontra-se traduzida em mais de 300 línguas em seu site oficial (www...) O texto pode ser impresso e arquivado. Vivido? Este o problema maior... A questão da efetiva observância de tais direitos tem sido discutida e analisada, mas há pontos polêmicos, específicos, delicados. E os impasses tornam-se ainda maiores no tocante aos direitos culturais... O que são, afinal, os Direitos Humanos? Por acaso uma definição e uma observância mais satisfatórias destes direitos contribuiriam para melhorar a sorte de seres humanos que vivem situações de injustiças? Isto lhes garantiria uma melhor... (leia mais)

Tânia Gabrielli-Pohlmann




Default



   > silas correa leite

  AUTOR  
 
silas correa leite
SILAS CORREA LEITE Silas Correa Leite, do clã “Fanáticos por Itararé”, é Teórico da Educação, Jornalista Comunitário, Coordenador de Pesquisas da FAPESP/USP em Culturas Juvenis e Conselheiro em Direitos Humanos (SP). Começou a escrever aos 16 anos no jornal “O Guarani” (Familia Hermínio Lages) de Itararé. De família pobre, migrou para SP em 1970 com 18 anos e a quarta-séria do curso primário no G.E.T.T(Grupo Escolar Tomé Teixeira). Voltou a estudar, fez Direito, Geografia. É Especialista em Educação (Mackenzie), com extensão universitária em Literatura na Comunicação (ECA) e Direitos Humanos e Cidadania. Autor entre outros de “Porta-Lapsos”, Poemas, Editora All-Print (SP) e “Campo de Trigo Com Corvos”, Contos, Editora Design (SC), obra finalista do prêmio Telecom, Portugal 2007, ambas a venda no site www.livrariacultura.com.br, e O Homem Que Virou Cerveja, Crônicas Hilárias de um Poeta Boêmio, Prêmio Valdeck Almeida de Jesus, Salvador Bahia, 2009, Giz Editorial, no prelo. Seu e-book interativo de sucesso “O Rinoceronte de Clarice”, onze ficções, todas falando de Itararé, cada uma com três finais, um final feliz, um final de tragédia e um terceiro final politicamente incorreto, por ser pioneiro e de vanguarda, foi destaque na mídia como O Estadão, Jornal da Tarde, Folha de SP, Diário Popular, JBonline, Revista Época, Revista Ao Mestre Com Carinho, Revista Kalunga, Revista da Web, Minha Revista (RJ) etc. e também na rede televisiva, Programa “Metrópolis”-TV Cultura; Rede Band, Programa “Momento Cultural”, Márcia Peltier; Rede 21-Programa “Na Berlinda”, Programa “Provocações”, TV Cultura, Antonio Abujamra. A obra, por ser única no gênero e o primeiro livro interativo da Rede Mundial de Computadores, foi recomendada como leitura obrigatória na matéria “Linguagem Virtual” no Mestrado de “Ciência da Linguagem” da UNICSUL-Universidade do Sul de Santa Catarina. Também foi tese de mestrado na Universidade de Brasília, e tese de Doutorado na área de Semiótica na Universidade Federal de Alagoas (“Hipertextualidade, O Livro Depois do Livro;a Experiência Literária Hipertextual”. O texto acadêmico está disponível no site: www.biblioteca.universia.net/ - Link da Tese de Doutorado do e-book: http://bdtd.ufal.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=197  O Poetinha como é conhecido em Itararé, foi premiado nos concursos Paulo Leminski de Contos (Universidade do Oeste/PR), Ignácio Loyola Brandão de Contos; Prêmio Ligia Fagundes Telles Para Professor Escritor,  Prêmio Biblioteca Mário de Andrade (Poesia Sobre São Paulo), Prêmio Fundação Cultural de Canoas, Prêmio Literal (Fundação Petrobrás), Prêmio Instituto Piaget (Lisboa, Portugal) Cancioneiro Infanto-Juvenil; Prêmio Elos Clube Comunidade Lusíada Internacional; Vencedor do Primeiro Salão Nacional de Causos de Pescadores, Prêmio Simetria Ficções e Fantástico, Portugal (Microconto), entre outros. Consta em mais de 500 sites como Estadão, Noblat, Correio do Brasil, Usina de Letras, Daniel Pizza, Wikipedia, Observatório de Imprensa, Perseu Abramo, Releituras, Cronópios, Aprendiz, Pedagogo Brasil, Palanque Marginal, Jornal de Poesia, Palavreiros, Letras & Livros, Convívio, Itália,  Storm Magazine (Portugal), Politica Y Actualidad (Argentina), Poetas del Mundo (Chile), e outros. Publicado em mais de 100 antologias em verso e prosa, até no exterior (Antologia Multilingüe de Letteratura Contemporânea, Trento, Itália; Cristhmas Anthology, Ohio, EUA) e na Revista Poesia Sempre/Fundação Biblioteca Nacional (Ano 2000, Edição 500 Anos do Brasil, Gênero Poesia Brasileira Contemporânea). É autor do Hino ao Itarareense. E-mail para contatos: poesilas@terra.com.br  - Site: www.itarare.com.br/silas.htm - Blogues: www.campodetrigocomcorvos.zip.net e www.portas-lapsos.zip.net  escolhido um dos melhores do UOL em 2008 e 2010.