Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

A terceira intenção

Tenho vontade de parar. Descansar. Interromper essa andança sem tréguas. Já trilhei à beça. Já corri, já tremi, já sofri, já ri também à beça. Já fiz troça, já respeitei, já ofendi, já obedeci, já liderei, já escrevi outra vez à beça. Já pensei que transformaria esse mundo dos homens, mas descobri que o mundo é das mulheres. Tenho vontade de parar, sim. Mas não posso! Não posso interromper essa caminhada. Tenho que trilhar mais um tanto, correr, tremer, sofrer, rir, respeitar, ofender, obedecer, liderar, escrever, transformar outro tanto, outro inútil tanto. Nasci nos estertores da segunda guerra do mundo, no limiar da paz. No vestibular da maturidade, carreguei uma pistola na cinta, pilotei um tanque de guerra, atirei com uma ponto-trinta. Joguei granadas... (leia mais)

Airo Zamoner




Finalmente, a verdade!

Nada me desperta mais a atenção que a expressão de seu rosto. Olhos pequenos, escuros, escondidos atrás de sobrancelhas grisalhas de onde salta um brilho ofuscante. Olhos ligeiros, matreiros, espertos a contrastar com a velhice que o ronda, que o paquera, que joga alhures seu charme traidor. O sorriso dele, não é coisa facilmente identificável. É um ligeiro esgar maroto, quase sarcástico, às vezes para o lado direito, outras para o esquerdo. É algo forte que agride meu cérebro. Algumas vezes cruzo com ele pela Rua das Flores da minha Curitiba encantada. Em outras, estamos lado a lado, lendo a mesma notícia no jornal pregado na banca. No frio, sempre usa um surrado capote desbotado. No calor, o mesmo paletó xadrez de mangas puídas. Claudicante, corpo encurvado,... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Tatiane de Amorim Batista

  AUTOR  
 
Tatiane de Amorim Batista

   Começo dizendo...- Oi oi gente!!!

   Oi como vai você?

   Como Cê Tá?

   Tô brincando.. isso já existe..rsrs, vou tentar de novo...

-  Olá pessoas, animais, borboletas.. rsrs

   Quero me apresentar!

-  Aos que ainda não me conhecem, muito prazer sou Tatiane Amorim mais conhecida como (a maluquinha )

   Aos que acham que me conhecem  ... Meus pêsames... Nem eu sei quem sou!  Me surpreendo a cada momento com minha atitudes e pensamentos ...

   "BASS" sou uma pessoa comum, tentando ser diferente! 

     Nada além disso... 

     Passei por muitos obstáculos nestes meus 22 anos, e tenho a certeza que virá muitos ainda pela frente...

     O meu diferencial é que aprendo com eles, com estes erros e obstáculos,   tenho sim um visão bem louca de certas coisas, arrisco dizer  que pouquíssimas pessoas tem o mesmo pensamento que eu.

    Gosto de ser assim “diferente”, todos são muitos previsíveis, chatos. Eu gosto do estranho , do perigo , de me arriscar e me entregar de corpo e alma naquilo que eu acredito , gosto de tentar e quebrar a cara , e logo depois tentar de novo .

   Ainda aprecio qualidades como : solidariedade, sinceridade  e compreensão.

   Na minha singela opinião, quando se luta pelo que você acredita, você evolui pessoalmente, com estes altos e baixos, mas parecido como uma onda no mar (lembrei daquela música agora. rsrs)

    Muitas vezes eu canso e me vem a vontade de  desistir , esquecer, ou simplesmente deixar pra lá ...

     Mas minha vontade de vencer é maior ,  de fazer diferente , de fazer a diferença para alguém , e um dia ouvir , “ Cara , muito obrigado, você me ajudou muito”.

      Sou uma pessoa muito impulsiva e por isso erro muitas vezes , e aprendo com isso . Me arrisco , encaro a realidade de frente e quando da errado ... Paciência! Pelo menos tentei. 

      Gosto muito de  filmes, seriados, música , dançar, jogar vôlei, caminhar, correr e neste ano de 2014 ando escrevendo e lendo muito.

   Me defino como Intensa ! (as vezes ao extremo).

  Tudo que amo,eu deixo bem claro,exemplos:  Rosa de Saron(banda), One tree hill(seriado),paixão por Relógios(vicio), complexo por Filmes(mania).

   Cada pessoa que passou em minha vida nestes 22 anos, registraram  eternos em mim , e tudo que sou  hoje é um pouquinho de cada um .    

    Até mesmo as pessoas que me fizeram chorar um dia , porque eu evolui e aprendi , elas nem imaginam que   me fizeram mais forte!

   Hoje eu consigo me recompor com a minha fé em dias melhores, seguido de piores , e assim vai !

   Graças a bondade de Deus. Que me leva a crer que tudo vai dar certo...