Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

EMOÇÂO

Foi um dia de intensa emoção. Estava triste, sem saber o que fazer. Alguém aconselhou. “Quebra o bloqueio. Põe tudo que sente pra fora”. Depois do conselho, pensou. “Talvez escrevendo eu consiga. É isso. Ponho no papel. Assim não amolo ninguém”. Agora, sentada frente à máquina, não sabe como dar início. Como pôr pra fora o que sente? Não sabia... Passou a vida toda segurando suas emoções, só extravasadas em lágrimas, a única coisa que não sabia guardar. Uma simples vontade depois de um conselho. Conseguiria fazê-las saírem? Na verdade, não era uma simples vontade. Era uma profunda vontade. Pensou que talvez fosse mais feliz, mais liberta, se conseguisse algum dia, de alguma forma, “botar pra fora”, nem que fosse um pouquinho só, toda aquela emoção... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




O LEÃO E O BURRO

O velho e temido leão, Com uma fome danada, foi procurar o burrinho para uma bela caçada. E encontrando o animal, Que não era muito esperto, Combinou que ele seria De uma ramagem coberto. Tudo pronto, à caça foram. E o burrinho camuflado Tinha que urrar diferente Do que estava acostumado. O burro treinou bastante, Foi treinando mais e mais. Com seus urros bem estranhos Espantou os animais. As bestas apavoradas Saíram em disparada. E o leão se aproveitou Pra fazer sua caçada. Tendo feito várias presas, Exausto, foi descansar,. Então pediu ao asninho Que parasse de urrar. Aquele, já todo prosa, Perguntou para o leão: “E que tal a minha voz?... (leia mais)

GERALDO DE CASTRO PEREIRA




Default



   > Kate Lúcia Portela de Assis

  AUTOR  
 
Kate Lúcia Portela de Assis

  Poesias
  O Reino Pancadão
  Bebidas... poéticas.!.
  Abaixo-assinado-inpirado!
  Provérbios líricos
  Oração do Omisso
  O Cravo e a Rosa
  Para o andar da poesia!...
  Era minha vez...
  Concurso para o magistério
  Educação Integral
  Por uma faxina na Casa Interior
  Gramática Psicológica
  Oração do Contador de Histórias
  Um poema de família!...
  Bolo da Divina (uma receita para crer em Deus)
  Retrato dos Tarefeiros do Bem
  Um poeta dorminhoco...
  Poema da Exclusão
  Artigos
  O português são dois, três, quatro...
  Era outra vez...
  Pollyanna
  Pluft
  Tistu
  De cigarras e de formigas
  Chapeuzinho Amarelo
  O pássaro sem cor
  Ensaios
  A Terapêutica da Literatura
  Diário de Sherazade II
  Contos
  Daminha Draminha
  Fábula da Gatinha
  Príncipe Rapunzelo Sapo de Oz
  Entre duas paixões!...
  O corvo e a raposa (adaptação)
  Receita da Felicidade
  Gracinhas matrimoniais
  Um príncipe encantador!...
  Grãos de areia
  Crônicas
  Super... child!
  Detector de Mãe!...
  A Rua dos Textos
  Infantil
  Universo Infantil
  Família de Todos!...
  Diário de Natália
  Prece do Coração
  O macaco e a banana
  Meu amigo Baú
  A ovelha cor-de-rosa
  Sapo Sapeca
  A abelhinha feliz
  O Caracol Bisonho
  O Coelhinho Fanrtasista
  Pezinhos de Vitinho
  O ursinho casmurro
  Boquinha do Virtinho
  Pensamentos
  Decálogo do Leitor (inspirado em Alberto Mussa)
  Amar, e não se armar!
  Miss Biblioteca
  Pacotes espirituais
  Brincando de ser culta
  Preserve o patrimônio lúdico!...
  Amigos
  Diário de Sherazade I
  Diário de Sherazade III
  Diário de Sherazade IV
  Diário de Sherazade V
  Carta ao Príncipe Encantado
  Diário de Sherazade IV (Contação de Histórias)