Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Finalmente, a verdade!

Nada me desperta mais a atenção que a expressão de seu rosto. Olhos pequenos, escuros, escondidos atrás de sobrancelhas grisalhas de onde salta um brilho ofuscante. Olhos ligeiros, matreiros, espertos a contrastar com a velhice que o ronda, que o paquera, que joga alhures seu charme traidor. O sorriso dele, não é coisa facilmente identificável. É um ligeiro esgar maroto, quase sarcástico, às vezes para o lado direito, outras para o esquerdo. É algo forte que agride meu cérebro. Algumas vezes cruzo com ele pela Rua das Flores da minha Curitiba encantada. Em outras, estamos lado a lado, lendo a mesma notícia no jornal pregado na banca. No frio, sempre usa um surrado capote desbotado. No calor, o mesmo paletó xadrez de mangas puídas. Claudicante, corpo encurvado,... (leia mais)

Airo Zamoner




CLAUDINE

Ela se destaca nos meus olhos. Saltita alegrias. Nos rodopios, o vestido de rendas e babados restaura harmonias antigas. A minúscula mãozinha agarra o pai carrancudo. Puxa-o na avidez de conhecer os detalhes do mundo. Aos gritinhos, arrasta-o, estimulando-o a ver. Ver e opinar. Dizer como é lindo, como é feio, engraçado, estranho, tudo que se oferece descompromissado aos seus olhinhos curiosos. Observo e meu coração dói. Vontade de agarrar esse pai pelo colarinho. Sacudi-lo com violência pedagógica. Acordá-lo dos seus trinta, quarenta anos. Forçá-lo a sentir a felicidade que flui gratuita por seu braço indiferente. Gritar para que olhe, uma vez ao menos, para baixo. Fazê-lo ver que a vida berra na alegria voluntária da filha, pesquisadora do mundo. Contenho-me e ele... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Erwelley C.de Andrade

  AUTOR  
 
Erwelley C.de Andrade

Aos 28 anos Érwelley faz de seus passos a realização de seus ideais publicando o livro  de teor reflexivo e poético " Olhos vendados, passos contados.

Publicação: Editora Protexto. 

Membro da Academia de Letras do Brasil/BSB, Parte do grupo literário de membros fundadores da ALB/BSB, busca através da sua escrita a conscientização de cada leitor conforme seu estado de espírito para seu entendimento pessoal.

Autora do livro "Noite de Mistérios, poemas e sonetos publicado independente em Março de 2005, iniciou sua caminhada literária aos 10 anos quando questionada por um professor de religião a respeito de uma das suas redações a instigou a leitura e a escrever...

 A escritora diz que quando escreve não somente expõe sentimentos, reações e envolvimento social, descreve que ao escrever, se disfaz do seu ser, humano para viver sua alma poeta com total envolvimento.

Radicada em Brasília há quase 11 anos nasceu na pequena cidade Zé Doca no interior do estado do Maranhão.

Filha unica, de infância humilde se debruçava entre os livros da escola desde cedo, assim tornava sua vida de criança quieta, calada, emotiva e solitária muito mais alegre e repleta de sonhos... 

Sonhos os quais se realizam junto a suas criações poéticas e reflexivas que aos poucos compartilha com os leitores que direta ou indiretamente amam a poesia em seu mais profundo entender de ser simplesmente sentida...