Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (942)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2531)  
  Resenhas (131)  

 
 
Entardecer em Porto...
Ingrid Regina...
R$ 66,42
(A Vista)



Conquistas,apenas uma...
Itiel Monteiro de...
R$ 26,80
(A Vista)






   > CEGO



Airo Zamoner
      POESIAS

CEGO


Não há no mundo, na certa
maior contraste, senhores,
que a imagem que desconcerta
de um cego vendendo flores!



Primeiro lugar nos VII Jogos Florais de Curitiba.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui