Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
A Caçada do Tatu
José Daniel Deodoro
R$ 41,90
(A Vista)
INDISPONÍVEL

Abstrato-03-772
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > O SABER ENOBRECE. A BURRICE ENTONTECE



Marilena Orsoni
      CRôNICAS

O SABER ENOBRECE. A BURRICE ENTONTECE

Assim como escreveu Rubem Braga, um dos melhores cronistas brasileiros, eu também escrevo de palpite, de inspiração, como tantas outras pessoas que tocam seus instrumentos de ouvido;  não  sei o vocábulo de escardinchar; o feminino de cupim; o antônimo de póstum, e muito menos  como é chamado  o natural do Cairo.

Agora, eu pergunto: O que isso poderá acrescentar de bom para o meu dia-a-dia ? Preciso saber essas coisas para ousar chegar à Presidência do meu  País? O Lula nos provou o contrário e chegou lá, facinho, facinho, firme e forte? risos.

Concordo que para certas coisas, esses tipos de vernáculos, vocábulos tem pouca serventia, mas, por outro lado, serve  para  aguçar a curiosidade e   melhorar o entendimento do cidadão comum, motivando-o a pesquisar mais sobre um leque de outros  assuntos que, outrora, não eram tão divulgados e,  hoje, desfrutam do salutar hábito das  pesquisas voluntárias, e até muitos deles acabam chegando aos bancos das Universidades.

 A multiplicação das Bibliotecas Públicas, têm contribuido para  todo tipo de informação num piscar de olhos. A informação, sempre às mãos daqueles que desejam desenvolver o importante sacerdócio do saber, que enobrece o espírito de todos aqueles que teem sede de conhecimento.

Uma outra coisa que tem contribuido para a melhora do conhecimento do cidadão comum, é a Internet, uma das maiores aliadas da informação rápida e instantânea. É o mundo digital  ao alcance de todos. Até mesmo aqueles que, de uma maneira ou outra, são portadores de alguma deficiência física, são favorecidas por ela. Toda e qualquer informação na ponta do dedo. E num piscar de olhos, lá está ela: atualizada e decifrada em todos os idiomas, e em todas as versões, porém, não deixa de ser uma faca de dois gumes. É preciso saber manuseá-la da forma certa e correta, para o bem do nosso proveito.

Já dizia Albert Einstein em uma de suas brilhantes lições de vida:

     "Para ser um membro imaculado de um rebanho de ovelhas, deve-se, antes de tudo, primeiro ser uma ovelha".

Para termos um futuro promissor, precisamos estar aptos e aprender as importantes regras do perigoso jogo do viver. E depois devemos jogar melhor que todo mundo.

Assim sendo, não devemos usar nosso tempo com coisas fúteis que nada acrescentam e não vão trazer nada de bom para a nossa vida.

O tempo tem pressa,  a palavra é viva,  e se modifica a todo instante.Fim.

Escardinchar: responder em tom de provocação, ou então para acabar com a pessoa de modo a “não sair do salto”, acabando moralmente ou psicologicamente com a pessoa através do uso da ignorância dela contra ela mesma, usando as palavras vindas dela, em seu ataque.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui