Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2527)  
  Resenhas (129)  

 
 
Enjaule Poesia
José Herculano da...
R$ 49,90
(A Vista)



Ressurgindo do Nada
Rosângela Inês Renz...
R$ 21,55
(A Vista)






   > PASSARO FERIDO



Carlos Alberto Omena
      POESIAS

PASSARO FERIDO

És pássaro livre
Que vive em desatino
Cuide de suas asas,amigo
E segues teu destino.

Tu pássaro feliz
Procurando encontrar seu norte
Voa alto ,sem destino,
sempre a mercê da própria sorte.

Voe alto querido pássaro,
Não recue jamais.
Voe como os sonhos,
Que vão e não voltam mais.

Vejo-te arrasado,
Pobre pássaro derrotado
Encontre forças, ser alado,
Pra suportar esse fardo.

Suas asas, já não bate mais
És pássaro banido
És pássaro ferido
Sem sonhos,és pássaro perdido

Hoje pássaro ferido,
Sem asas,já não és forte.
Voltas ,amigo ,ao teu ninho
Pois é inevitável a tua morte.

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui