Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Na Mesma Moeda
Livino Virginio...
R$ 49,60
(A Vista)



Paisagens-03-054
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Canções para atrair dinheiro e felicidade



Robespierre Simões
      ARTIGOS

Canções para atrair dinheiro e felicidade

Canções para atrair dinheiro e felicidade
Pierre Simões 
Introdução                                                     
 Qual de nós não já sonhou um dia em ser rico e feliz? Parece um sonho impossível ou acessível apenas a poucos privilegiados? Então porque esses poucos privilegiados têm esse direito e a grande maioria não tem? As explicações e as desculpas são sempre as mesmas em todos os cantos. Uns dizem “É meu carma ser pobre”, ou “Tive uma educação deficiente, não tenho estudo para isso”, ou “Eu não sou merecedor, tem muita gente passando fome”, ou “Não tenho cacife pra montar um negócio próprio, o governo vai me impor altos impostos”, ou “Devemos nos contentar com pouco, é pecado ser rico” ou “Vão me seqüestrar” e por aí vai... Nessas canções vai um questionamento sincero de nossas próprias crenças em relação a dinheiro e felicidade. Porque nos parece tão difícil obtê-las, já que são tão desejadas por bilhões de pessoas? A explicação está no nosso modelo de crenças interiores que trazemos desde a infância. É a única explicação. Essas crenças moldam nossas atitudes que nos fazem agir dessa ou daquela forma. Ou pior, nos paralisam e nos impedem de agir ou progredir quando já alcançamos algum objetivo pequeno. As crenças são carregadas de valores morais, emocionais, sociais e religiosos, geralmente herdadas de figuras afetivas como pais, professores, amigos, familiares e os passamos aos nossos filhos, netos e bisnetos. Tudo que você é até este momento é fruto dos seus modelos, e certamente determinará o seu futuro, tal como é hoje. A boa notícia é que você pode intervir e modificar esse futuro agora e tornar sua vida muito mais interessante e cheia de oportunidades para ser rico e feliz. Mas não espere simplesmente colocar esse CD para rodar e aguardar ansiosamente a campainha tocar e alguém vir te presentear com um saco de dinheiro junto com a felicidade. Você tem fazer a sua parte. E qual seria? Estudar a fundo seu próprio comportamento e suas atitudes diante da vida em geral e refazer a sua programação mental. Só isso? Exatamente, só isso, mas certamente vai mexer em questões delicadíssimas de suas relações com familiares e crenças arraigadas das quais vai ser difícil abrir mão. É urgentemente necessário mudar o paradigma. Paradigma é esse conjunto de crenças e valores nos quais vivemos. Para mudá-lo, vai ser necessário desaprender tudo. Reabrir nossos conceitos e valores vai doer e muito. Sabe por quê? Simples, vai mexer em velhas feridas ainda não cicatrizadas. Nossos mentores de vida não nos ensinaram a pensar grande, nem a habilidade de antecipar o futuro. Não nos ensinaram valores dignos pelos quais lutar. Embora nos cobrem para ser vencedores, nunca nos ensinaram de fato a sê-los. E ainda temos que conviver com a absurda mediocridade exibida na TV. Ela molda a massa e forma zumbis, ditando normas morais ultrapassadas e punindo os visionários. Muitas vezes estes são forçados a abdicar de suas diferenças, tendo que se adaptar ao imenso rebanho de conformados que assolam nossa sociedade em todas as classes. Então vai ter que aprender a ser absolutamente otimista em todas as ocasiões, vai ter que elevar sua auto-estima a patamares nunca experimentados, vai ter que aprender a perdoar e a se perdoar, vai ter que aprender a se comunicar como os grandes líderes da humanidade, vai ter que saber, sem sombra de dúvida, o que você quer ter, fazer ou ser. Vai ter que trabalhar duríssimo e aprender a agir apesar de todas as dúvidas, inconvenientes, medos, culpas, cansaço, e principalmente, quando não tiver nem mesmo vontade de agir. Isso tudo combinado fará de você uma pessoa diferente e essa diferença fará você crescer interiormente como pessoa e como empreendedor, e o resultado inevitável e duradouro será a riqueza e felicidade. Mas isso só dependerá apenas de você. Vá à luta! Estude, pesquise, faça todos os cursos de desenvolvimento pessoal e profissional que puder, faça psicoterapia para desfazer os nós de sua mente e tapar os ralos por onde escoam todos os seus esforços. Por exemplo, um desses ralos é associar, de modo inconsciente, o dinheiro com algum dano pessoal que sofreu ou se ele tiver sido uma fonte de dor para pais ou pessoas queridas. Pior ainda é quando você não tiver a aprovação delas para se expressar ou para ser bem sucedido em seu negócio. É claro que isto afetará seus rendimentos e o fará sempre um devedor na praça, por mais que trabalhe. Outro ralo é colocar na frente do seu cliente ou de seu empregador as suas necessidades pessoais, do tipo “compra pra me ajudar”. Isso é extremamente danoso para sua imagem, pois ficará com aquela pecha de “precisado”. Obviamente ninguém quer ficar perto de você, muito menos comprar seus produtos ou serviços, mesmo que sejam excelentes. Quando a sua atitude for a de um solucionador de problemas e um colaborador eficaz para a felicidade e o sucesso de seu cliente, aí todas as portas estarão abertas, e você fará jus àquela placa “Seja bem-vindo”, colocada na porta das empresas. No final dessa leitura eu vou te sugerir, entusiasticamente, todos os livros que pesquisei e estudei com afinco, os quais me ajudaram e ainda me ajudam em meu próprio desenvolvimento pessoal e financeiro.  
Marcha do dinheiro                                                       
 Essa é uma divertida marchinha de carnaval que abre o CD, cujo refrão diz “Quero muito dinheiro!”. Ouça e cante muitas vezes, até se tornar parte de você. Pode parecer difícil no início, pois sua mente ainda não aceita que você tenha um iate ou uma limusine, ou que você viaje para Pisa ou passeie o mundo inteiro, já que não possui esse tipo de referência ou experiência anterior, mas faça isso sem medo, vergonha ou obrigação. É só o primeiro passo para você fazer as pazes com o seu dinheiro e começar a aceitá-lo com abundância na sua vida, independente de qualquer coisa.   
Para viver um grande amor                                                         
Todos nós queremos viver um grande amor, não é mesmo? Mas qual seria o perfil do grande amor? Talvez você me respondesse, ah, seria uma pessoa assim, com tal atributo, tais talentos, tais performances ou tais capacidades maravilhosas para me fazer feliz, cujos traços físicos seriam de um (a) deus (a) grego (a), com lindos olhos azuis ou verdes, um cabelo assim, assado, que me compreenda, goste das mesmas coisas que eu, que seja honesto (a), culto (a) inteligente, alegre, um alto cargo no governo, com um salário de marajá, não tenha nenhum problema pessoal, não me cobre atenção, não me iluda, não tenha TPM, TOC, LER, DORT, dores nas juntas, jamais tenha olhos para outras pessoas, enfim, uma perfeita maravilha cósmica a meu dispor. Ou talvez, ah, qualquer um (a) serve, é só me fazer feliz, já basta. Tudo isso não passa de fantasia de contos de fadas e um auto-engano atroz. Em primeiro lugar, ninguém te fará feliz, só você poderá sê-lo independente do que te acontecer ou do que mundo poderá te dar. Assuma corajosamente os riscos, as conseqüências e os benefícios de suas escolhas. Depois retire de sua família, de seus amigos, do governo, do mundo, dos deuses, dos santos, dos orixás e de tudo mais essa responsabilidade que é apenas sua. Você se libertará de todas as cobranças que faria às pessoas e delas a você. Passará a aceitá-las como são sem tentar mudá-las. Aceitará que há momentos alegres e tristes, mas são como o dia e noite, o sol e chuva, o yin e o yang, ambos tão necessários para a vida. Aceitará que tudo o que pensar, assim acontecerá. Tudo o que plantar, seja amor, paz, prosperidade, gentileza, compreensão, harmonia, abundância e felicidade para as pessoas, retornará a você na mesma medida, e fará de você uma pessoa maravilhosa e feliz. Haverá claro, momentos que poderá se indispor, mas isso faz parte do show da vida, e uma oportunidade maravilhosa para rever algumas atitudes negativas de seu ser e corrigi-las. Cometerá ainda muitos erros, alguns ainda primários, mas faz parte do seu aprendizado como ser humano. Poderá ainda se angustiar quando as coisas “parecem” dar errado, mas você sabe que é apenas momentâneo ou pode ser uma grande e disfarçada oportunidade de vida ou de negócios, dando o ar de sua graça. Ser é feliz é aceitar que somos limitados e imperfeitos, passíveis de erros e fraquezas. Quando começar a se dar conta que poderá sê-lo independente de tudo e de todos, estará pronto para viver um grande amor. Você amará a pessoa sem exigir dela absolutamente nada, você a amará incondicionalmente. Você vai apreciar nela todas as outras qualidades que não havia percebido ou exigido, isso é pintar a vida em cor e admirar com emoção. Poderá aprender coisas com ele (a) as quais nunca pensou. Viverá experiências magníficas que nunca sonhou. E lá do fundo da alma agradecerá ao universo em oração, não só por tão maravilhosa dádiva dada de coração, mas por você se tornar uma pessoa melhor, sob todos os pontos de vista. E assim a vida vale mesmo a pena!  
Maria das Dores                                                        
Quando eu morava lá em Belo Horizonte, tínhamos em casa uma empregada que era o horror dos horrores. Além de feia como o cão, reclamava mais do que preso em cela superlotada.  Não havia sequer um motivo para não reclamar. Nunca a vi sorrir nem agradecer, nem rezar, nem apreciar nada. Até do doce de leite na sobremesa reclamava que era doce demais. Isso sem falar nas dores no corpo e se fazer de vítima o tempo todo. Se queixar é uma das piores coisas que você faz à sua saúde, à sua felicidade, e pior, ao seu dinheiro. Tudo aquilo que você focaliza, se expande. É a famosa lei da atração. Se você só enxerga as mazelas de sua vida, é natural que só haja mais mazelas para atrair e reclamar. Se você culpa o mundo e aos outros pela situação em que você se encontra, atrairá mais pessoas e situações para pôr a culpa e continuar a validar suas crenças. Quanto mais pensar em problemas, dívidas, tragédias, doenças, pobreza, vai, por sua própria culpabilidade, tornar a sua vida uma sucessão de acontecimentos desagradáveis e desnecessárias para o próprio progresso. A solução é, incontestavelmente, a atitude oposta, ou seja, primeiro agradecer por tudo que tem de bom na vida, para que continue atraindo muito mais. Depois enxergar somente o lado admirável de todas as coisas, seja amizade, companheirismo, paciência, benevolência, bondade, amor, compaixão e, sobretudo, respeito ao próximo e à natureza. E por último, jamais sinta pena de si mesmo (a), nem se desculpe ou justifique suas ações. A responsabilidade por suas escolhas é somente sua e deve ser priorizada com maturidade, e isto inclui, por conseqüência, ficar longe de fofocas, conversas destrutivas, noticiários trágicos e bobagens na TV e tudo que for inútil para o seu progresso pessoal. Depois trabalhe com alegria no que é preciso fazer para melhorar sua vida e torná-la digna de seu merecimento. 
No fim do arco-íris                                                      
 De tarde eu estava compondo uma das canções para este CD, quando caiu um toró daqueles de arrasa-quarteirão, com muitos trovões e relâmpagos, parecia o fim do mundo. Algum tempo depois aparece um solzão bonito e do lado oposto um imenso arco-íris como nunca havia visto, de tão bonito, todas as cores bem vivas, fazendo aquele arco de um lado pro outro, uma maravilha. Como canto na música, o povo lá em Minas dizia que havia um pote de ouro no fim, mas que não era permitido pegar, pois era pecado. Nunca me esqueci desse fato e hoje compreendo porque algumas pessoas de bom coração não enriquecem. Essas pessoas são por demais religiosas e tomam os ensinamentos sagrados ao pé da letra. Muita gente se exime da responsabilidade que é e deve ser apenas sua. Atribuem a Deus e à Sua vontade pelas angústias e poucas alegrias que têm na vida, não se esforçando em nada para mudar. É “minha cruz”, o “meu carma” ou o “meu destino”, dizem. Se conformam em ser e viver como o “Senhor assim o desejou”, afinal de contas, “Ele é Onipotente, Onipresente, Onisciente e melhor do que nós Sabe o que nos convém”. Nada mais ilusório. Adoro a história de um homem, cujo lema de vida era “Só Jesus salva!”. Então houve uma enchente na cidade onde morava e a água começou a inundar tudo. Veio uma canoa para resgatá-lo, mas apesar dos insistentes apelos dos amigos recusou-se a sair de casa, usando seu lema de vida. Depois veio uma lancha da defesa civil, e por fim um helicóptero do corpo de bombeiros, e ele ali firme como uma rocha “Jesus vai me salvar!” Por fim afogou-se e foi pro céu, se queixando com Jesus por ter sido abandonado na enchente. O Mestre retrucou que havia tentando sim salvá-lo, mandando uma canoa, uma lancha e um helicóptero, mas mesmo assim não quis, fazer o quê? O preceito que diz que “o rico não entra no céu” foi deturpado e obviamente mal interpretado pelas figuras afetivas de nossa formação como ser humano. A passagem bíblica do camelo e o furo da agulha se referiam apenas a uma imagem mística de como o homem deveria se comportar após a sua morte. Diziam os historiadores que nas cidades orientais antigas os portões eram fechados por volta de 18 horas. Os camelos que chegavam após esse horário, só entravam por um portãozinho bem pequeno, chamado de agulha, ao lado da cidade, de joelhos e sem a carga que traziam no lombo. Essa história sugeria que homem quando morresse, só entraria nos reino dos céus com humildade e se deixasse na terra suas riquezas. Dependendo da pessoa que contar essa passagem para seu filho ou aluno, poderá impregnar nele o pecado de ser rico e sabotar, ainda que inconscientemente, seu progresso profissional e financeiro. Não raro ainda são reforçadas com histórias pavorosas de como o Zé Fulano de Tal se atreveu a ganhar dinheiro e por isso se deu mal e quando morreu foi para o inferno. Não é difícil imaginar como deverá ser a vida financeira de uma pessoa atrelada com sentimento de culpa religiosa em relação a dinheiro.  
O milionário                                                          
 Existe no mercado um sem número de publicações de como se tornar um milionário. Porque esses livros estão sobrando nas prateleiras, se ensinam como ganhar dinheiro? Muito simples, eles preconizam uma verdade absoluta e inexorável - é preciso que você mude suas atitudes e modifique suas crenças pessoais, se quiser de fato ser milionário. A maioria não está disposta a isso, muito menos quando for necessário um grande esforço para mudar sua maneira de pensar e de agir. Entre outros atributos, o candidato à riqueza precisa ser otimista, confiável, um grande estrategista, determinado, honesto, inabalável nos momentos difíceis da vida, forte como um touro, além de grande comunicador, bondoso e especialista em alguma área. E se você quiser ser milionário, qual seria o primeiro passo? Além dos atributos anteriores, é necessário entender a programação mental dos ricos e agir como eles. E tem muito mais. Buscam a companhia de outros ricos e bem-sucedidos. Como na canção, ele é um excelente investidor, bem informado, pensa grande e merece o que conquistou. Aliado a isso, sabe como vender seu peixe, isto é, tem um grande poder de identificar oportunidades e solucionar problemas, lucrando com isso. Pode parecer difícil quando se tem a obrigação de adquirir qualidades demais para uma só pessoa, mas é assim mesmo que as coisas acontecem. Você se torna uma pessoa diferente, quando em seu íntimo há a vontade de mudar a sua vida, sejam quais foram as circunstâncias, as necessidades e as obrigações decorrentes de sua escolha. O milionário é, antes de tudo, senhor de si mesmo. Não se intimida com problemas, sejam quais forem. Se grandes demais para o seu tamanho, o divide em partes e os sana na medida de sua capacidade. Pensa a partir do resultado, planeja tudo no papel e executa minuciosa e detalhadamente todos os passos. Aqui entra novamente a lei da atração, Quanto mais praticar soluções, mais soluções virão. Quanto mais focar oportunidades, mais elas aparecerão. E de quebra, quanto mais rico e feliz pensar em ser, mais rico e feliz será.  
Seja grato a Deus                                                      
Gratidão é o modo mais rápido de começar a colher benefícios em sua vida. Observe à sua volta o quanto você pode e deve agradecer. A começar pela sua existência. Agradeça pela imensa oportunidade de aprendizado em uma família, seja de que tipo for. Agradeça a seus pais, a seus professores na escola, a seus amigos, sua saúde, a comida em sua mesa, uma casa pra morar, etc. e se a gente for emendando sugestões uma atrás da outra não teríamos fim, de tantas coisas maravilhosas que há neste mundo para se agradecer. E quanto mais você praticar a gratidão, mais coisas maravilhosas aparecerão em sua vida para agradecer, pois virão carregadas de alegria e satisfação. Então pratique com entusiasmo! Agradeça efetivamente tudo em sua vida, mesmo que a princípio não seja de seu agrado, mas pratique a paciência e a perseverança que deve ter nessas ocasiões e seja grato pela oportunidade de aprimoramento pessoal. A mesma coisa em todos os momentos felizes de sua vida, para que elas sempre aconteçam.  
Patroa Patroinha                                                        
Na música sertaneja de raiz existe sempre referência ao mundo rural, com sua imagem de fazendas, cavalos, bois, e amores de todos os tipos, alguns sofridos, outros felizes. Dizem que a gente procura e acha a famosa “cara-metade”, a “tampa da panela”, a “alma-gêmea” e outros termos carinhosos para definir o (a) amado (a). Na realidade o que existe de fato são pessoas que nascem inteiras em todos os sentidos, não são metades que se encontram e se fundem numa só carne, numa relação de osmose, mas sim dois indivíduos inteiros que, juntos, vão começar uma família. Muito se têm escrito sobre esse tema, mas a meu ver a relação de casal deve ser construída com muito cuidado e carinho ao longo dos anos sobre três pilares importantes que são respeito, admiração e confiança, além de amor incondicional. E o restante vai acontecendo, o casal vai se adaptando um ao outro numa diária sucessão de conversas francas e ajustes ao longo da relação. E nisso incluo liberdade, perdão e auxílio mútuo. Quando há consenso nesses diálogos, não haverá crítica, inveja, chantagens emocionais, nem tentativa de domínio por parte de um ou de outro, mas essa relação tende amorosamente à felicidade, como desejam todos os que se casam. E se são felizes, a tendência é que haja prosperidade afetiva e financeira ao infinito.  
O perdão liberta                                           
Esse ensinamento sagrado e imutável vem de tempos mais remotos do que os de Jesus. Qual o sentido de manter abertas as feridas se elas nos doem? Claro que a princípio todos vamos concordar, mas passar à ação é que são elas. Manter a mágoa viva dá uma falsa sensação de dívida do transgressor, isto é, você quer cobrar dele uma reparação por danos, e faz isso afetando seu templo sagrado, o seu corpo físico. E mais uma vez repito, quanto mais você pensa e sofre do que aconteceu, mais isso se expande e cresce negativamente a níveis perigosos para a sua saúde e auto-estima. E se persiste nessa idéia insistentemente, tende a invadir outras áreas de sua vida, seus rendimentos pessoais e financeiros, suas relações sociais e até seu sono. Perturbará seus amigos e familiares, gerará ódio e sentimento de vingança, o fará perder bens valiosos e afetará sua evolução espiritual por estar sempre olhando para o passado. Perdoar não significa obrigatoriamente esquecer, é bom manter o fato em suas experiências de vida, mas o rancor deve ser extirpado sem dó, pois causará as tão conhecidas enfermidades psicossomáticas, como dores de cabeça constantes, câncer, cálculos renais, queda de cabelos e até úlceras. Errar, vivenciar a perda de alguém, de algum bem material ou sofrer danos pessoais faz parte da vida. Não fomos ensinados a perder. Na nossa sociedade somos forçados a ser sempre vencedores, sejam quais forem as circunstâncias, e quando algo assim nos acontece, vem a raiva, a frustração e clamamos por vingança e reparações, mas a história, a literatura e a religião nos ensinam que só mesmo o perdão liberta, não existe outro modo. Então perdoa e agradeça mais uma vez pela imensa oportunidade de evolução que bate à sua porta. Se ainda assim for difícil, procure ajuda profissional.    
O segredo do Salim                                                   
Anos atrás assisti na TV uma reportagem maravilhosa sobre os imigrantes que vieram para o Brasil e aqui se estabeleceram em todos os estados. Muito semelhantes são as histórias dessas pessoas, esperançosas por novas oportunidades de vida. Salim é um protótipo do imigrante árabe que se esforçou e conquistou, por mérito pessoal, seu lugar ao sol. A canção conta a sua trajetória e o segredo de seu sucesso para enriquecer se manter sadio e feliz aos noventa e seis anos de idade. Nada mais é que a aplicação de todos os princípios de sucesso e riqueza, associados a crenças positivas e perseverança ilimitadas. Com a aplicação eficaz desses ensinamentos, o resultado é sempre o mesmo: paz, felicidade e prosperidade abundantes. 
Vou ganhar na loteria                                            
Atire a primeira pedra quem nunca fez uma fezinha na loteria! Você já assistiu inúmeras vezes aos felizes ganhadores, a maioria pessoas humildes contempladas com a sorte grande, exibindo enormes sorrisos banguelas e olhos marejados de lágrimas por tão feliz acontecimento. Você já sentiu aquela pontinha de inveja ao assistir na TV sobre o único acertador da mega-sena acumulada seis vezes a embolsar sozinho trocentos milhões de reais, talvez rindo de nós como se zombasse de nossa falta de fé e de nosso descomunal despeito por sua sorte estrondosa! E nos perguntamos, se isso pudesse acontecer conosco? Como seria? A canção fala de um sujeito comum de nossas cidades, cuja maior alegria era de se casar com a Maria e conhecer a Bahia. Como a grande maioria das pessoas, enxerga na loteria sua única oportunidade de ser feliz e construir um sonho. Quantas vezes nos deparamos com pessoas assim, nas filas das lotéricas de dar volta no quarteirão, com bilhetes esperançosos e sonhos de casa própria. Ou até nós mesmos, Brutus, flagrados com promissores cupons de promoção, nos prometendo prêmios maravilhosos ou viagens inesquecíveis... Mas como é a vida daqueles que ganharam? Será mesmo que a felicidade chegou como esperado? Pesquisas revelaram que não foi bem assim. A maioria não soube como administrar o prêmio recebido e o perdeu em maus investimentos ou simplesmente torrou tudo indiscriminadamente, sem nenhum critério. O mesmo acontece com ilustres desconhecidos alçados vertiginosamente à fama nos reality shows, vultuosamente premiados, paparicados, fotografados e por fim esquecidos, retornando pesarosos aos seus mundinhos de onde saíram. Por que isso acontece? Porque não conseguem manter o dinheiro ou a fama que conquistaram? Mais uma vez, foi por causa de suas crenças pessoais e seus modelos de dinheiro, pequenos demais para caber o prêmio recebido. O rico verdadeiro sabe como conquistar e manter seu dinheiro. Nada o demove, nada o atinge, nada o abala. Pessoas assim são o que o mundo precisa, pois fazem a diferença, geram empregos, constroem patrimônios, são formadores de opinião, são líderes em seus países, são empresários que promovem o bem-estar das pessoas e o progresso das nações. 
Posso ser rico e feliz                                                 
Muita gente pensa que felicidade e dinheiro são mutuamente excludentes, ou você é rico ou feliz. Um grande e ledo engano. Se você quiser viver em uma realidade de abundância, deve abandonar conceitos baseados em escassez. Você pode ter tudo o que quiser, bastando fazer um planejamento eficaz por escrito e especificar as metas a atingir. Quando começa a agir assim você amplia seus horizontes e abre sua cabeça para novas possibilidades, afinal de contas, se você pode tudo, então o mundo é todinho seu.  Uma ocasião assisti ao estilista Clodovil na TV falando sobre pessoas que ganham muito dinheiro, suas qualidades, virtudes e defeitos, acrescentando que, quando ficam ricas, vem sempre um “calo” junto. O que isto quer dizer? Na opinião dele ninguém fica rico impunemente, tem que suportar também as conseqüências negativas associadas ao dinheiro. É óbvio que esta maneira pensar explica as grandes dificuldades pelas quais passou. Isso também se aplica a dezena de artistas que adoram dizer em entrevistas que passou fome, dificuldades financeiras, comeu o pão que o diabo amassou, que veio de família pobre etc. e um rosário de lamentações sem fim antes de conseguir o sucesso. Se você pesquisar mais um pouco vai ver que essas pessoas não são tão felizes assim, elas acham que não podem combinar as duas coisas. O problema está sempre nas crenças pessoais. Quando se cansam e querem ser felizes, dão um jeito inconsciente de se livrar da fama e também do dinheiro associado a ela. A raiz de todo problema está nas relações afetivas oriundas da infância. Dependendo das experiências vividas, essas pessoas jamais serão felizes, a não ser que sejam capazes de intervir e resolver o problema, o que é muito difícil sem a ajuda de um profissional gabaritado.  
O poder de resolver                                                
Deixei de propósito essa canção por último para reforçar tudo o que eu disse. O segredo é pensar a partir do resultado e planejar em detalhes as metas a conquistar. Quanto mais específico puder ser, melhor. Apenas “quero o sucesso” ou “quero muito dinheiro” como na marchinha, por si só não vai funcionar. O seu sonho tem que ser extremamente específico, mensurável, realista e alcançável, além de uma data para acontecer. A expressão “algum dia” não existe no calendário, então precisa ser dia tal, mês tal do ano tal, ou então jamais vai acontecer. Estabeleça metas saudáveis e acredite que pode alcançá-las, se pôr tudo no papel e seguir o plano até a concretização. Enfatizo mais uma vez - escrever as metas é materializá-las no plano físico. Também é importante ser flexível e fazer alterações e correções ao longo do percurso, isto é agir estrategicamente. Você enxergará oportunidades onde a maioria das pessoas vêm problemas. Se colocar em prática tudo que aprendeu aqui, agirá sinergicamente. Sinergia é quando o todo é maior do que a soma das partes. Leia, pesquise, busque na internet, assista a palestras, faça análise. Quanto mais pesquisar, mais portas se abrirão. O universo vai trazer até você as pessoas certas e as condições mais favoráveis para o seu caso. No mais, desejo a você felicidade e sucesso na sua caminhada rumo às metas que estabelecer em sua vida.    
Canções e textos registrados na Biblioteca Demonstrativa de Brasília
Fundação Biblioteca Nacional
Ministério da Cultura
Registro nº. 479694Protocolo EDA/DF 2009 nº. 1022Em 10 de novembro de 2009http://www.bn.br 
Bibliografia  Os segredos da mente milionária – T. Harv Eker, Editora SextanteSucesso não é acidente – Tommy Newberry – Editora Mundo CristãoColeção dinheiro e prosperidade – Dr. Lair Ribeiro – Editora EscalaA força da Intenção – Dr. Wayne W. Dyer – Editora Nova Era O que os ricos sabem e não contam – Brian Sher - Editora FundamentoQuem pensa enriquece – Napoleon Hill – Editora Fundamento150 conselhos do Rabi Leib de como atrair dinheiro e prosperidade para sua vida – Arie Jakov Leib    Sites de professores e palestrantes Mario Persona  - Lair Ribeiro -  Antonio Roberto - Edmundo Roveri – Silvio Igor –    Filmes O segredo, de Rhonda ByrneQuem somos nós? De Will Arntz, Betsy Chasse e Mark Vincent
                                     Marcha do dinheiro  
(Letra e Música de Pierre Simões)
ISRC BRR200900010  
 Eu gosto muito de dinheiroCom qualquer definiçãoDólar, libra, yen ou euro Até real pra mim é bão! Ele é meu companheiroMeu eterno amigãoMe traz sorte no milheiroSem pedir nenhum tostão  Quero muito dinheiroPra gastar à vontadeQuero o tempo inteiroSó de felicidade Quero muito dinheiroPaz e prosperidadePassear o mundo inteiroE viver de verdade Quando eu quero um brinquedinhoVou correndo ao meu cifrãoSaco um cheque rapidinhoSaio de zero na mão Tem gente que acha erradoTer um baita dinheirãoNão gosta de um bom bocadoSobra mais pra mim então Quero muito dinheiroPra comprar um iateQuero ser marinheiroE marca de chocolate Quero muito dinheiroNadar em muita granaQuero ser bem faceiroSer barão e bacana  Dizem que rico ri à toaSem medo ou vergonha nãoSempre que vejo um na boaRio mais e de montão! Se você me acha esnobePosso até te dar razãoMas prefiro fazer lobbyCom meu ouro no dentão Quero muito dinheiroPra viver só de brisaQuero ser viageiroIr na torre de Pisa Quero muito dinheiroCom saúde e alegriaQuero rir o ano inteiro E cair na folia Eu quero ser tio PatinhasE ter um cofre bem grandãoQuero ter jato nas linhasDa Europa e do Japão Também quero uma limousineCom whisky e televisãoPra assistir ao super cineE as notícias do pregão Quero muito dinheiroDim dim, cobre, arame,  Quero ter um celeiroBem cheinho de salame  Quero muito dinheiroE lucrar o ano inteiroDe janeiro a janeiroMuito, muito dinheiro                                                                                              
Para viver um grande amor(Pierre Simões)ISRC BRR200900021
  Para viver um grande amorE alegrar seu coraçãoBasta pedir com muito ardorAo universo em oração Alguém que seja especialQue faça o seu mundo girarQue ame a vida, brinque,Te faça uma criançaNos braços da brisaSorrindo, cantando,E correndo por entre as floresDa primavera Para viver um grande amor E desfrutar uma paixãoBasta olhar o interior Da sua alma com atenção Você precisa se tornarO que deseja atrairSeja feliz, deseje paz.À toda gente que encontrarSeja bondoso, deseje a luzÀ natureza, assim como      Aos vossos pais Seja alegre e o melhor que puder serFaça a vida sempre valer a pena      Para viver um grande amorE ser feliz assim entãoBasta pintar a vida em corE a admirar com emoção Você precisa é só cuidarRegar com mel e só deixar Que seja livre, simples, Brandura como cirandaNos braços da auroraCurtindo, amando, E nadando por entre as ondasDo mar aberto Para viver um grande amorPor muitos anos que virãoBasta apagar o seu rancorE cultivar sempre o perdão Você precisa renovarO que deseja assim manterSeja feliz, deseje paz.Ao seu amor que contigo estáSeja amoroso, deseje a luzÀ companheira, assim como      Ao vosso lar Seja alegre e o melhor que puder serFaça a vida sempre valer a pena                                                                                                       
 Maria das Dores(Pierre Simões)ISRC BRR200900020 
Maria das DoresSofre terríveis horroresTrabalha de empregadaNo setor de embaixada Mas reclama o dia inteiroAté pra juntar dinheiroPorque vida é tão duraSe eu sou assim tão pura? Porque Deus não te ajudaSe não pede, não se iluda.Ai, que droga dessa vida,Eu só tenho recaída.  Diz que ainda vai ter um troçoDói as juntas e ainda coçoDiz que é vitimizada,Pela sorte, desprezada.  Maria das DoresSofre terríveis pudoresDe ser pobre e mal criada Numa vida deslavada Mas reclama o dia inteiroAté pra contar dinheiroPorque a vida é tão difícilSe não sou um estrupício? Porque Cristo não te ajudaVá tomar banho de arrudaTodo mundo é safadoEgoísta e malvado  Só tem o fundamentalSó pragueja e fala malDo governo e da CarolQue casou com um maioral Maria das DoresSofre terríveis caloresA idade vem chegandoMenopausa esquentando Mas reclama o dia inteiroAté pra receber dinheiroPorque a vida é tão amarga Se não sou tão feia e larga? Porque a Virgem não te ajudaReza mais, talvez te acudaToda gente é mesquinhaVive só de ladainha Às dez horas vai de bondePro hospital, não sei aondeMas ela só tem três pilasE vai pegar trocentas filas  Maria das DoresSofre terríveis valoresDesde bem pequenininhaLhe puxavam a orelhinha Mas reclama o dia inteiroQue nunca teve dinheiroPorque a vida é macabraNão é um abacadabra Porque o mundo não te ajudaVá à luta bem graúdaCom coragem sem limiteNão vai ter nem uma rinite Mude o jeito de pensarE pare já de reclamarSendo vítima cruelSó vai ser que nem pastel
No fim do arco-íris(Pierre Simões)
ISRC BRR200900019   

  Quando eu era criança, Guri das Minas GeraisA gente enchia a pançaDe arroz doce e tudo mais De tarde quando choviaRefrescava o calorãoNo morro apareciaUm arco-íris bonitão O povo sempre diziaCom certeza e com razão Um pote no fim haviaCheio de ouro, no chão. Mas ninguém se atreviaPegar o tesouro nãoTodo mundo se tremia De arranjar só confusão Sonhar alto era pecadoQuanto mais pra ser barãoVejam o Zé, mas que coitado!Ficou pobre desde então Mas no fundo eu queriaVer de perto o tal quinhãoMas disseram que eu teriaPelo padre, excomunhão. Com coragem e valentiaFui pegar o dinheirãoQue bobagem, não existia,Um só grama, nem um tostão.  No lugar um anjo havia Com um baita sorrisão Me falou como eu podiaConquistar o presentão O tal pote existiriaSó com uma condiçãoSe quiser ser rico um diaÉ mais que um bom coração Vai ter que fazer as pazesCom o dinheiro e com o perdãoAfastar vícios vorazesComo culpa e depressão Assumir a própria vidaTer por ela, gratidão.O poder de escolha é tida,Como sábia decisão O sucesso se aprendeCom estudo e com açãoA riqueza só depende
De você com ambição.
O milionário(Pierre Simões)ISRC BRR200900018 
     Um bom dia,Ao mundo ele desejouÀ família,Ele saudou e abençoouCom um sorriso,A todos cumprimentou Foi pro clube,Na piscina mergulhouNo gramado,Bateu pelada e fez um golCom os bacanas,Feliz ele comemorou Fica perto de quem gosta de dinheiro tambémSempre acha que merece tudo o que Deus lhe deuAprecia um bom papo sobre investir muito bemPensa grande e o universo é todinho seu No almoço,Comeu de tudo e se fartouSobremesa,Do doce de melão gostouCafezinho,Com stevia ele tomou Tardezinha,Foi velejar com seu amorNa cabine,Um love com muito calorCom champagne,À vida de rico brindou             Todo dia,Escreve o que planejouExecuta,E o resultado assim mostrouCom um sorriso,Muita grana embolsou Cauteloso,Só faz escolhas com louvorResponsável, Não dá desculpas, não, senhor!OtimistaFaz do sucesso o seu labor   Sempre é bem informado, está atento tambémÀs mudanças do mercado até no leste europeu Sabe vender o seu peixe, isso ele faz muito bemTodo mundo até faz fila pra comprar o que é seu Inteligente,Faz da excelência o seu clamorCompetente,E é um grande realizador Auto-estimaTem de sobra e sem temor Ele cuidaDa sua imagem com primorValoriza,Cada minuto que gastouDo seu tempo,Pra ser um grande vencedorUm grande conquistadorUm grande inspiradorE um grande sedutor  
Seja grato a Deus (Letra e Música de Pierre Simões)ISRC BRR200900014      
Seja grato a DeusPor te dar um corpo sãoUma mente e um coraçãoFortes mãos pra trabalharE a alegria de ajudarEm doar sem esmorecerQuem precisa receber Seja grato a DeusPor te dar olhos pra verDuas pernas pra andarUma casa pra morarE felicidade terPor estar no vosso larCom família conviver Seja grato a DeusPor te dar livre poderDecidir o que quer serSeu caminho escolherSó você pode lutarCom o melhor que puder serPara os frutos alcançar         Seja grato a DeusPois você vai atrairMuito mais do que pensarSonhos vão se realizarVocê vai comemorarAlegria desfrutarMuita paz vai te inundar Seja grato a DeusE verá o sol nascerAs estrelas vão surgirAs crianças vão sorrirSua vida vai mudarO universo vai trazerTudo mais o que quiser Seja grato a DeusSeja grato a DeusSeja grato a Deus  
Patroa patroinha(Pierre Simões)ISRC BRR200900023  

Minha patroa fez um bife aceboladoE batata com quiaboMais tomate bem cortado O apetite eu abri com uma pinguinhaEu mesmo fiz de caninha Com capricho da rocinha Depois me fez um prato bem elaboradoCom torresmo apimentadoE arroz com muito gingado E ainda me presenteou com um grande beijoMais doce de leite e queijoE uma mordidinha no queixo  Minha patroa fez uma bela poupançaPrá mode encher a pançaE ter muita abundância Comprou terreno pra juntar com a fazendaMais um lote pra moendaE um manga larga que é uma lenda Depois comprou um monte de gado leiteiroTrabalhou o ano inteiroE ganhou muito dinheiro E ainda me presenteou com um rolexUma D20 turbinexE um Armani chiquerex  
 Ai patroa, patroa, patroinhaVai ser boa de cozinhaDe negócio e de caminhaAi, patroa, patroa, patroinhaPor você sou caidinhoDe amor bem gostosinho Ai patroa, patroa, patroinhaÉ minha cara metadeA tampa da panelinhaAi patroa, patroa, patroinhaPor você faço de tudoPra te ver feliz na minha   
O perdão liberta(Pierre Simões)ISRC BRR200900011   
Sabe aquela mágoa guardada há muito tempo,Do grande amor que partiu,Deixando mais que saudade,Uma palavra rude,Ou um gesto impensado? Sabe aquela lágrima vertida há muito tempo,Após um triste momento,O amado filho ingrato,Ou uma velha feridaQue insiste em manter aberta? Perdoa!Perdoa!Perdoa! Porque o perdão te libertaTe cura, te restabeleceTe faz sorrir novamenteTe faz dormir em paz Porque o perdão te redimePorque você também é humanoE o melhor de tudoFaz de você uma pessoa melhor Então perdoa!Perdoa!Perdoa!
   
O segredo do Salim
(Letra e Música de Pierre Simões)
ISRC BRR200900012

Salim chegou no cais da piedade lá de muito longe
Deixou saudades, a felicidade e uma vida de monge
Tomou o rumo do norte juntando a mala e a sorte
Se fixou com bastante esperança em Belém do Pará
Uma barraca de palha na beira do rio Amazonas
Ele montou pra vender caranguejo e caldo tacacá
Depois abriu várias lojas de eletros por todas as zonas
E muitas outras de belos vestidos para a classe A
  
Se quer comprar – Salim vender
Um celular – Salim buscar
Uma TV – Salim trazer
E um DVD – Salim embrulhar
Basta pagar – Salim sorrir
Empacotar – Salim ajudar
Pode voltar – Salim esperar
Pra mais comprar
  
Salim noivou – se apaixonou
E se casou – prá sempre amou
Depois pai foi – filho nasceu
Comemorou – feliz ficou
Agradeceu – por muita paz
Ao grande Deus – Meu bom Allah
Grana entrou - Enriqueceu
Barão virou – barão estou
Reinvestiu - o que ganhou
Com todo o amor
No seu labor
              
Salim comprou uma casa de praia em Copacabana
Uma mercedes de prata do ano com whisky e chofer
Ganhou dinheiro vendendo cheirosos charutos de Havana
Mas fez fortuna investindo na bolsa e em coisas de mulher
 Então quiseram saber de Salim se fazia segredo
Pra ficar rico, feliz, com saúde aos noventa e seis
E ainda ter muita garra e vontade sem um pingo de medo
É muito simples, Salim vai gostar de contar pra vocês
  
É despertar – Ao sol raiar
Agradecer – por tudo ter
Abençoar – tudo saudar
Por bem viver – por bem estar
E trabalhar – o seu dever
Sem se cansar – nem malandrar
E desfrutar – Pra merecer
O seu jantar
  
Acreditar – Se esforçar
No seu poder – de conquistar
Tudo que há – no céu, no mar
A terra dá - basta plantar
E se guardar – se proteger
Do mal pensar – nem mal fazer
Não blasfemar – nem reclamar
Jamais temer – jamais chorar
Vá já lutar – vá batalhar
E se apossar
Do seu lugar
   
Vou ganhar na loteria(Pierre Simões)ISRC BRR200900021

Algum diaVou ganhar na loteriaBom seriaSe eu tivesse o dom da Lia Acho um diaSe chegasse a sorte eu ia,Bem podia, só podia!Viajar lá pra Bahia Nesse diaSe eu ganhasse em loteriaEu seriaFeliz com cidadaniaComprariaAuto-estima e alegriaEu daria, sim dariaGraças a Deus, bem queria! Mas se um diaAcertasse em loteriaTrocariaPor C4, o fusca, eu iaPegariaA estrada e correriaDe Brasília, já seriaPara o norte e o sul, eu ia Vou um diaSim, ganhar na loteria!AssinariaLogo aposentadoriaVoariaTeco-teco pra BahiaPediria com alegriaEm casório, a Maria   Noutro diaDe ganhar na loteriaEu fariaCinco filhos na MariaLhes dariaNome de santo eu ia,E eleito, então seriaDeputado na Bahia Certo diaSe eu ganhasse em loteriaVotariaEm plenário noite e diaComprariaUm castelo em VacariaE o daria, sim dariaPara os filhos, bem queria! E se um diaAcertasse em loteriaTrocariaPor jato, o C4, eu iaPegariaO céu azul e zuniaDa Bahia, já seriaPara o mundozão, eu ia! Quando um diaSe ganhasse em loteriaMorreriaEm paz, sim, você veriaEntrariaNo céu da Virgem MariaViveria com alegriaNo paraíso, eu ia! 
Posso ser rico e feliz(Pierre Simões)ISRC BRR200900013 
Tem gente que pensa Que pra ter dinheiro Não pode ser felizNão pode ir à ParisNão pode ser atriz Nem cantar como Elis E ainda asseguraSe tiver sobrandoPode ter triste fimPode ser seqüestradoOu quiçá pistoladoE virar um anjim Mas tem gente que pensaGente rica é safadaVive sempre enganandoMaltratando, explorandoTraficando ou roubandoFaz acordo escuso Ou coisa bem pior De pé junto afirmaGente rica não presta Vive sempre em festaNão se pode ter tudoOu se é rico ou felizSó o amor importaNão vão gostar de mim         Mas aqui te convidoA deixar de lado Essa crença herdadaDe seus pais ou amigosDe sua tia queridaDizer que é pecado  E ainda asseguraSe tiver sobrandoVai gastar tudo assimNoites de bebedeirasCom mulheres matreiras Perderá tudo enfim Mas tem gente que pensa Que a felicidadeÉ só de quem trabalha Muito duro na vidaCom salário mirradoPassando mal bocadoVivendo na berlinda  E ainda bate no peitoBradando a todo ladoPobre prefiro serMas honesto e honradoDo que rico e malvadoSempre mal-educadoTendo sem merecer          Mas a grande verdadeCom sinceridadeVocê pode ter tudoGrana e felicidadeLiberdade e saúde Paz e prosperidade E ainda asseguroSe tiver sobrandoFaça o que sempre quisSeja generosoSeja caridosoFaça o mundo feliz Você pode ser beloSer valente ou durãoSem deixar a ternuraSendo bom e corretoSendo amigo sinceroSem estar sempre certoMas cumprir a missão Você pode ser nobreAltruísta e gentilCom trabalho honestoFazendo sua arteE ainda livre de culpaDe ganhar bom dinheiroSendo rico e feliz
O poder de resolver(Pierre Simões)ISRC BRR200900022
 Se você tem um problemaQue parece bem grandãoNão se preocupe nãoQue tem solução Se a falta de dinheiroFor a grande questão?Faça-a bem pequeninhaComo formiguinha Mas eu ando sempre duroNão sei mais o que fazer Tem que só mudarO jeito de pensar E por onde eu começoJá que tenho nada nãoMude agora a intençãoPara ter muito então O começo é bem mais fácilDo que pode parecerPlanejar o primeiro passoÉ por tudo no papelE também pôr uma dataPara tudo acontecerSó assim se iniciaO poder de resolver   E depois o que eu façoPara assim solucionarBasta só marcarOs passos a tomar Em seguida o que eu escrevoSe na sorte eu mal me atrevoAja como se a tivesseA solução já aparece E se me acho impotentePra dar conta do leãoÉ em partes dividirVocê vai conseguir E depois o que eu façoPra finalizar meu traçoÉ passar pra execuçãoCom muita paixão O final ainda é mais simplesDo que pode se tornarFaça uso inteligenteA decisão é seu saberTome já iniciativaDe lutar e de quererSó assim se evidenciaO poder de resolver  
O poder de resolver(Continuação)

  Se você tem um projetoQue de fato é bem grandãoNão se preocupe nãoCabe em seu talão Se a falta de dinheiroTornar seu sonho em vão?Faça-a bem pequenininhaComo joaninha Mas eu ando ocupadoEu não tenho horário nãoTem que só mudarO tempo esquematizar E por onde eu começoJá que tudo é dinheirãoTenha já a intençãoDe ter muito então O começo é bem mais fácilDo que pode parecerPlanejar todos os passosÉ por tudo no papelE também pôr uma dataPara tudo acontecerSó assim se iniciaO poder de resolver        E depois o que eu façoPara assim eu conquistarBasta só apagarDetalhes que achar  Em seguida o que eu teçoSe na sorte eu padeçoAja como se a tivesseO resultado já aparece E se me acho impotente Pra dar conta da porção É em quartos dividirVocê vai usufruir E depois o que eu façoPra finalizar meu paço Basta só contarE contabilizar  O final ainda é mais simplesDo que pode se tornarFaça uso inteligenteA decisão é seu saberTome já iniciativaDe ousar e de quererSó assim se evidenciaO poder de resolver     
              


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui