Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2526)  
  Resenhas (129)  

 
 
A Caçada do Tatu
José Daniel Deodoro
R$ 41,90
(A Vista)
INDISPONÍVEL

Abstrato-03-772
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > No meu sertão



ALINE JULIANA PEREIRA DA SILVA
      PENSAMENTOS

No meu sertão

Lá vai ao som do ritmo e da melodia, caminhando em passos lentos.
-Ô morena! Essa é da boa!
Diz um ali, diz outro aculá. E a morena vai andando. Vai seguindo. Faz sol. Tem ventos suaves. A natureza brinca com a paz. Os pássaros cantam suas lindas notas músicais. Algumas rapazes a beber nos bares e crianças brincando nas árvores de manga... Isso lhe provoca um sorriso tímido, lembrando-se do seu tempo de menina.
-Tempo bom que não volta mais!
Lá vai a menina. Coitada! Nem sabe que de costas, parece um tornado. Lá vai a menina andando em passos retos. De dia é uma flor e de noite é uma...
Pra onde tu vais menina?
Ela não responde. Ela apenas anda. 
Ah! Entendi. Está a ouvir músicas naquele tal iPOD.
-É reggae, forró ou mpb? Diz morena...
Lá vai a morena a desfilar com os luxos da cidade grande.
Aqui é terra, areia, simplicidade e alegria. Vai morena, vai andando, vai seguindo que aqui é sertão. 

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui