Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
Cidades-02-189
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



Veículos-02-201
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)






   > Dia Cinzento



Edinaldo Garcia
      POESIAS

Dia Cinzento



 
Quem sabe o que acontece lá fora?
Talvez se os sonhos voltassem
Poderiam reverter as amarguras
E trazer os queridos de volta.
 
Simples frases soltas
Gestos ineficientes
E lembranças curtas
Que vagam em um oceano de incertezas.
 
Hoje a estrada leva embora
Quem um dia ela mesma nos presenteou.
Com sorrisos e atitudes simples
Ficamos a mercê de seus doces encantos.
 
Por que se vai?
Sei que escolhas não fazem parte deste momento
E que seus belos olhos castanho-enegrecidos
Também sentem o peso do recomeço.
 
Resta-nos sorrir do tempo vivido
Resta-nos guardar os bons momentos
Porque o que se deve ficar conosco
São as boas marcas que as pessoas queridas deixam em nossos corações.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui