Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Depressão na...
Josiane Rosa Campos
R$ 31,70
(A Vista)



De escravos a livres
Itamar paulino de...
R$ 27,20
(A Vista)






   > O cocô



glenio cabral lourenço da silva
      CRôNICAS

O cocô



O que é uma obra de arte? Há várias definições. Uma delas diz que obra de arte é a materialização da sensibilidade humana.

Tá bom, mas quem decide o que é e o que não é sensibilidade?

As pinturas modernistas, por exemplo, são tidas como explosões de sensibilidade.

Para o leigo, no entanto, não passam de rabiscos esquizofrênicos sem sentido algum. Mas vai dizer isso pro autor....

O fato é que uma obra de arte não tem que, necessariamente, se fazer entender. Ela é uma expressão do interior do artista, uma porção concreta dos seus anseios mais íntimos.

E foi exatamente isso que Larinha, uma menininha de um ano de meio de idade, me ensinou.

Larinha, apesar da pouca idade, tem anseios como todo artista. E um deles é conseguir fazer cocô no piniquinho.

Ela vinha tentando há dias, mas sem sucesso. Mas na noite passada, Larinha finalmente conseguiu.

Sentando-se no piniquinho e concentrando-se como uma artista em transe, a menina exteriorizou sua primeira obra de arte: um cocozinho lindo!

Larinha estava extasiada. Ela chamava a todos, queria que o mundo inteiro contemplasse atentamente o seu cocô.

Seus pais, emocionados, contemplavam boquiabertos a obra de arte da filha.

E quem se atreveria a dizer que aquele cocô não era uma obra de Arte? Ali estava ele, estático no piniquinho, sendo louvado e ovacionado por uma multidão de parentes ao redor.

Exatamente como um quadro de Picasso.

Porque o cocozinho de Larinha é uma obra de arte? Primeiro, porque saiu do interior de sua autora, e isso exige sensibilidade.

E segundo, porque é a expressão concreta do seu maior anseio interior: fazer cocô no piniquinho.

Dá-lhe Larinha.



CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui