Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
Contradições
Marcos de Sena Pereira
R$ 30,50
(A Vista)



Diário de Um Pensador...
Dudu Souza (Cleomacio...
R$ 22,10
(A Vista)






   > ÂMBITO E RECINTO



Luiz C. Lessa Alves
      POESIAS

ÂMBITO E RECINTO

ÂMBITO E RECINTO
 
Não posso ficar neste âmbito.
Deixe-me sair, por favor!
Eu quero ver o Sol,
Tocar a brisa,
Sentir o calor!
Aqui só há sombra.
Lá fora reluz!
Cá, não há nada.
Acolá, há muito!
Eu quero sair daqui;
Ouvir pássaros cantando;
A fauna nos campos;
Flores se abrindo;
Adultos confabulando;
Crianças correndo,
Pulando e brincando!...
Quero ver todos
Felizes, cantando!
Aqui tudo é falso.
Lá, são todos leais!
Aqui é a cidade;
Clausura dos homens.
Lá, o campo;
Recinto de paz.
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui