Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
Os Egmons
Airo Zamoner
R$ 40,40
(A Vista)



Vim te contar vinte...
Airo Zamoner
R$ 39,70
(A Vista)






   > VÍCIOS DA MOCIDADE



Luiz C. Lessa Alves
      POESIAS

VÍCIOS DA MOCIDADE

VÍCIOS DA MOCIDADE
 
“Não se deve colher todas as flores de um jardim”;
Ouvi de alguém.
“Faz bem deixar algumas para manterem seu brilho!”
Não liguei; não lhe dei ouvidos:
Retirei todas, julgando no momento ser preciso.
Hoje, que só lhe restam algumas folhas tristes,
Sem a seiva nem mais vigor para florir,
Sinto-me um graveto inútil, ressequido.
 
Por que será que só vemos ou aprendemos algo,
Muito importante para nossas vidas,
Quando já não o temos, e tudo está perdido?
Acho que é castigo para o velho
Pelos vícios do menino!


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui