Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (207)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2525)  
  Resenhas (129)  

 
 
Hora-atividade
Maristela Zamoner
R$ 21,10
(A Vista)



Genealogia de...
Ana Maria Silva Lopez
R$ 47,30
(A Vista)






   > PARA ESCREVER UM BOM TEXTO



katia leandra lima pereira
      CRôNICAS

PARA ESCREVER UM BOM TEXTO

Para se escrever um texto é necessário um momento inspirador. Algo que você possa retratar no papel, da mesma maneira que um pintor utiliza a tela; um carpinteiro utiliza a madeira; uma cozinheira que se utiliza dos seus ingredientes. Tudo aquilo que podemos dar forma, para dar vida.
O que o escritor vai expor ou não, depende do que acha que pode compartilhar com outras pessoas. Às vezes quer compartilhar algo tão íntimo que não sabe exatamente como colocar no papel. Só sabe que precisa compartilhar.
A vida é assim. Precisamos compartilhar nossos momentos com outros, caso contrário não há sentido completamente para nós. Se sentimos alegria queremos que outros sintam também, se sentimos tristezas queremos que outros nos entendam e nos consolem. Precisamos compartilhar, repartir, dividir para ser um inteiro.
Até o amor precisa ser compartilhado, doado para ser vivido plenamente.
O ódio, ele é tão individual que não precisa ser dividido. Ele sozinho é forte demais. Mas sendo forte se torna destruidor. Não. Não é para destruirmos nada. Neste momento, precisamos conversar, trocar pensamentos, sentimentos para nos fortalecer e nos fortalecendo nos tornamos um muro impenetrável. Precisamos ser concisos, pois até o muro mais impenetrável pode ter rachaduras; aí quando as rachaduras aparecerem não adianta remendar.
Remendo não conserta, só adia o inevitável. O fim.
Por enquanto vamos só começar. Apenas começar. Cada um colocando suas experiências boas ou ruins. Vamos construir. Deixe o fim para o momento certo, o inevitável, mas sem rachaduras. Apenas é o fim porque tem que ser.
Assim temos que viver. Começar até chegarmos ao fim. Sentir alegrias, tristezas.
Só viver com aquilo que temos, e o que recebemos um pouco de cada um.
Ser apenas você.
Escrever para deixar coisas boas para que muitos se sintam bem melhor.
Ou se quiser deixar algo triste. Deixe. Para que outros possam te entender e te consolar.
Sempre uma troca para escrever um bom texto.


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui