Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto
  Gêneros dos textos  
  Artigos (641)  
  Contos (940)  
  Crônicas (724)  
  Ensaios (169)  
  Entrevistas (35)  
  Infantil (217)  
  Pensamentos (651)  
  Poesias (2528)  
  Resenhas (129)  

 
 
Paisagens-02-049
Airo Zamoner
R$ 104,00
(A Vista)



OBJEÇÃO DE...
ALEXANDRE STURION DE...
R$ 36,10
(A Vista)






   > A LUA E EU



Luiz C. Lessa Alves
      POESIAS

A LUA E EU

A LUA E EU
 
Ontem, no meio da noite eu acordei.
Ao abri a porta, sutilmente, ela entrou.
Entrou, mas não me disse nada!
Esparramou-se na sala, tênue e calada.
 
Ainda assim, eu fiquei feliz,
Pois me sentia só.
Deitei-me, então, ao seu lado e ali fiquei.
 
O chão estava frio como seus lábios,
Que nada me diziam, nada me falavam;
Em silêncio, quieta, ela, apenas, me olhava.
 
Contente por ter alguém comigo, ali adormeci.
Ela, no entanto, da mesma maneira que chegara, se foi:
Devagarzinho, suave, de mansinho...
 
E ao amanhecer, lá estava eu,
No meio da sala, sem ninguém,
Mais uma vez, sozinho.
 
Desapontado, saí a procurá-la...
Já no quintal a encontrei,
Escondendo-se por trás de um cajueiro,
Ávida, triste e solitária... como eu.
 


CADASTRE-SE GRATUITAMENTE
Você poderá votar e deixar sua opinião sobre este texto. Para isso, basta informar seu apelido e sua senha na parte superior esquerda da página. Se você ainda não estiver cadastrado, cadastre-se gratuitamente clicando aqui