Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

CLAUDINE

Ela se destaca nos meus olhos. Saltita alegrias. Nos rodopios, o vestido de rendas e babados restaura harmonias antigas. A minúscula mãozinha agarra o pai carrancudo. Puxa-o na avidez de conhecer os detalhes do mundo. Aos gritinhos, arrasta-o, estimulando-o a ver. Ver e opinar. Dizer como é lindo, como é feio, engraçado, estranho, tudo que se oferece descompromissado aos seus olhinhos curiosos. Observo e meu coração dói. Vontade de agarrar esse pai pelo colarinho. Sacudi-lo com violência pedagógica. Acordá-lo dos seus trinta, quarenta anos. Forçá-lo a sentir a felicidade que flui gratuita por seu braço indiferente. Gritar para que olhe, uma vez ao menos, para baixo. Fazê-lo ver que a vida berra na alegria voluntária da filha, pesquisadora do mundo. Contenho-me e ele... (leia mais)

Airo Zamoner




REBELDIA

- Espere aí! Você não está querendo dizer que o que me falta é rebeldia, está? - Estou! - Isso é inacreditável! Tive uma vida regrada. Tudo certinho no lugar. Me formei, fiz mestrado, doutorado, pós-doutorado e trabalho diuturnamente em pesquisas vitais para a humanidade... Não sou estúpido pra jogar tudo isso pro alto! - Estou tentando ajudar a explicar essa sua sensação... Você está aqui agora, em pleno horário de expediente, sentado comigo neste banco público... Por quê? - Já disse antes! Não me sinto bem! - E o médico? - Não é coisa de médico... - Então, voltamos ao início. Vou falar agora com todas as... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Irineu Tolentino

  AUTOR  
 
Irineu Tolentino
Irineu Tolentino Gonçalves nasceu na Fazenda Ventania, cidade de Urandi, Estado da Bahia, em 07 de julho de 1971. Formou-se em Administração de Empresas (1994) e Direito (1999), ambos na Universidade Braz Cubas, em Mogi das Cruzes/SP. Desde 1992 trabalha no Tribunal de Justiça de São Paulo, Fórum de Brás Cubas como Escrevente Técnico Judiciário, ofício que, junto com sua formação, motivou o fundo do romance. Escreveu vários artigos e crônicas publicados no Jornal "A Semana de Mogi", na cidade de Mogi das Cruzes/SP, onde se encontra radicado há 21 anos, e na seção de crônicas do portal "EuSou", Lisboa, Portugal, onde é um dos autores mais lidos. Sempre procura apresentar seu ponto de vista acerca dos fatos e notícias que ocupam a pauta jornalística, pois tem grande simpatia pela imprensa, considerando-a como uma das principais ferramentas para fortalecimento da democracia e de toda sociedade instruída ou que pretenda sê-lo. O autor é casado e pai de dois filhos (Mariana e Felipe). Desde sua formação, preparou vários ensaios: “Cartas à Sociedade”, "O Julgamento de Deus", "O Direito e o Povo", "Os Limites do Legislador", além de vários outros temas acerca de filosofia, teologia e política. Contudo, de todos esses trabalhos, o primeiro a ganhar corpo literário e conquistar o prelo foi o romance "A Última Defesa", que despertou o interesse de diversas pessoas que graciosamente se entregaram ao trabalho da pré-leitura, contribuindo valorosamente com suas críticas e sugestões.