Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Aos dez anos

O irmão chegou com uma novidade: se ela colocasse um fio de cabelo dentro de um vidro cheio d’água e tampasse bem tampado, ele se transformaria em uma cobra. - Mas tem que ser com a raiz, disse. Porque ela é que vai ser a cabeça da cobra. E tem mais – não pode ficar dentro de casa. Tem que ficar no chão, perto da terra. Arrancou o fio de cabelo mais comprido que encontrou, com raiz e tudo. Colocou num vidro, tampou bem tampado, colocou no chão embaixo de uma mangueira e ficou esperando. - Já tem três dias e não tô vendo nada mudar... - Calma, né? - Quem disse pra você que cabelo vira cobra? - O Betinho. Ele disse que a vó dele disse que um irmão dela fez isso e virou cobra. - Ah!... Outros tantos dias,... (leia mais)

Isis Berlinck Renault




Vida vazia, vida marota!

Dr. Agildo caminhou vagarosamente até a enorme varanda. Saboreava os momentos do entardecer, um a um, como rotina para receber a noite implacável e então, recolher-se para o descanso. Desta vez, contudo, sentia-se diferente. Seus pensamentos esvoaçavam de um canto para outro da memória, contrariando seus comandos, inquietando seu espírito. Sentou-se na velha cadeira, admirando o extenso jardim. Os canteiros, emoldurando as divisas com suas cores imprevisíveis, tentavam suavizar seus sobressaltos. O ipê majestoso, que ele próprio plantara há tantos incontáveis anos, mantinha-se incólume a seus pensamentos. Parou seus olhos no aparente desordenado trabalho da velha árvore, largando o amarelo de pétalas a se desprenderem a cada instante, formando verdadeira alcativa.... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Luiz C. Lessa Alves

  AUTOR  
 
Luiz C. Lessa Alves

Nascido em 13 de dezembro de 1948 em Coqueiro, município de Jandaíra, Bahia. Nos anos de 1973 e 1974, já no Rio de Janeiro, concluiu o 1º e 2º graus, respectivamente, em exames de Suplência de Educação Geral (Artigo 99). Ingressou na Faculdade de Humanidades Pedro II no ano seguinte, formando-se em Português e Literatura em dezembro de 1978. Cursos complementares paralelos à faculdade e trabalho: Gramática Estrutural da Língua Portuguesa – UFRJ; Moderna Literatura da Língua Portuguesa – Centro de Estudos do Real Gabinete Português do Rio de Janeiro; Linguística Aplicada ao Curso de Comunicação e Expressão – idem; Curso Extra Curricular para Concursos – Universidade Castelo Branco e o de Escritor - Casa do Escritor.