Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Encerra-se a primeira turma de pós-graduação em dança de salão com magnífica produção científica.

Para a dança de salão brasileira, o ano de 2005 é um divisor de águas. A partir desta data, começa a educação formal na área, o que se deve à abertura da primeira turma de pós-graduação em dança de salão, na Faculdade Metropolitana de Curitiba - FAMEC. O curso tem duas coordenadoras, uma das quais, conhecida por fazer parte do âmbito da dança há muito tempo: Gracinha Araújo. Devido a uma vida dedicada à dança clássica, enfrentou os preconceitos vigentes no meio da dança de salão, superando as dificuldades. Com Abigail Carneiro, tornou realidade, de maneira pioneira, o que muitos só sonharam. O resultado... (leia mais)

Maristela Zamoner




O DEMÔNIO E O ELEITO

Fez um pacto, uma coligação com o Demônio e ganhou as eleições. Festejou. O Demônio veio cobrar a dívida. Foi chegando perto do Eleito. Cutucou suas costas. O Eleito olhou para trás: – O que você quer? Tinha um tom de aspereza na fala dura. – O que é isso? Não se lembra de mim? – Você acha que vou me lembrar de todo mundo? Não vê que fui eleito com milhões de votos? Milhões, entendeu? Sabe o que é isso? Milhões! Não vê minhas ocupações diárias? Nem sei como você passou por minha segurança, por minha assessoria e tem a ousadia de me cutucar pelas costas. Vou chamar minha guarda pessoal! – Calma! Não imaginei que você se esqueceria de quem permitiu sua vitória... – Saia pra lá. Qual é a graça, agora? – Não é graça nenhuma. Você fez uma... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Anna Maria Tagliavini

  AUTOR  
 
Anna Maria Tagliavini

Anna Maria Tagliavini nasceu em São Paulo, capital, em 1942. Formou-se em Ciências Sociais pela USP nos fatídicos anos 60. Desde 1988 dedica-se a suas duas paixões: música, integrando o Coralusp desde 1988, e animais. Publicou Bicho & Gente, Textos e Contextos (iEditora, 2002). Uma de suas crônicas, Téo, foi publicada no livro Amando os gatos com todas as letras (Top. Co. Multimeios, p.19, 2003). Teve crônicas constantes em revistas especializadas como Muito pelo contrário  (revista Pulo do Gato, edição 02), Os aventureiros (idem, edição 05), bem como participação na Internet, sobretudo para o site do GAAR (Grupo de Apoio aos Animais de Rua, ONG em Campinas, na época), que guardava em seu bojo uma seção especialmente para seus textos.
Parte de seus trabalhos pode ser visualizada pela Internet, ao ser digitado seu nome, Anna Maria Tagliavini, no Google.
Simples, extasiada, combativa, emocionada. Assim se define Anna.