Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

MINHA PRIMEIRA COMUNHÃO

Tinha quase nove anos. Fui criada na religião católica. Meus pais eram muito religiosos. Quando se aproximava o Natal, eles promoviam lá em casa uma novena. Além da família, os vizinhos também participavam. Após a novena, eu me sentava ao piano e tocava várias músicas sacras, inclusive a Ave Maria de Schubert. Todos me aplaudiam, dizendo que eu executava com técnica e sentimento as partituras. Quando completei meus nove anos, minha mãe me informou que a Diretora da minha escola, Da. Neide Arruda Leal, desejava que seus alunos da terceira série fizessem a preparação para a primeira Comunhão com as catequistas da Igreja... (leia mais)

IVETE FLORES CATTA PRETA RAMOS




O DEMÔNIO E O ELEITO

Fez um pacto, uma coligação com o Demônio e ganhou as eleições. Festejou. O Demônio veio cobrar a dívida. Foi chegando perto do Eleito. Cutucou suas costas. O Eleito olhou para trás: – O que você quer? Tinha um tom de aspereza na fala dura. – O que é isso? Não se lembra de mim? – Você acha que vou me lembrar de todo mundo? Não vê que fui eleito com milhões de votos? Milhões, entendeu? Sabe o que é isso? Milhões! Não vê minhas ocupações diárias? Nem sei como você passou por minha segurança, por minha assessoria e tem a ousadia de me cutucar pelas costas. Vou chamar minha guarda pessoal! – Calma! Não imaginei que você se esqueceria de quem permitiu sua vitória... – Saia pra lá. Qual é a graça, agora? – Não é graça nenhuma. Você fez uma... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Solange de Souza Araujo

  AUTOR  
 
Solange de Souza Araujo
Solange de Souza Araújo é natural de Nazaré – Ba. Professora formada em História pela Universidade Federal de Ouro Preto, com especializa-ções em História e Cultura Afro-brasileira e Estudos Lusófonos, atualmente vive em Portugal, onde é Mestranda em História na Universidade do Minho. Consultora Educacional com ênfase em Projetos Pedagógicos, escreve academicamente e tem artigos publicados no Jornal Costa do Dendê – Valença/BA. Também escreveu para a Câmara Municipal de Évora, em Portugal, um artigo sobre a história do Barroco Português e sua aplicação na cidade de Salvador/ BA. Teve poesia A Bala publicada em antologia poética na década de 80.