Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

Vida vazia, vida marota!

Dr. Agildo caminhou vagarosamente até a enorme varanda. Saboreava os momentos do entardecer, um a um, como rotina para receber a noite implacável e então, recolher-se para o descanso. Desta vez, contudo, sentia-se diferente. Seus pensamentos esvoaçavam de um canto para outro da memória, contrariando seus comandos, inquietando seu espírito. Sentou-se na velha cadeira, admirando o extenso jardim. Os canteiros, emoldurando as divisas com suas cores imprevisíveis, tentavam suavizar seus sobressaltos. O ipê majestoso, que ele próprio plantara há tantos incontáveis anos, mantinha-se incólume a seus pensamentos. Parou seus olhos no aparente desordenado trabalho da velha árvore, largando o amarelo de pétalas a se desprenderem a cada instante, formando verdadeira alcativa.... (leia mais)

Airo Zamoner




O MERGULHO

Aquele brusco tremor o impulsionou violentamente para trás. Já sentira isso há muito tempo, quando inadvertidamente, colocara o dedo no bocal de uma lâmpada. Experiência assustadora! Alguma coisa entrara subitamente em seu corpo. Ao mesmo tempo em que, num ato reflexo, puxara a mão de volta, sentira uma contraditória atração. Queria levar outro choque! Quantas vezes, ao ver um bocal sem lâmpada, sentira novamente aquela estranha tentação. Sempre resistiu bravamente. Agora, contudo, num misto de sofrimento e prazer, toda aquela sensação se repetia e nada tinha a ver com o choque elétrico! Letras. Palavras. Livros. Depois que dominara as letras, passara a admirar as palavras. Ficava horas, olhando e pensando nelas. Letras sem sentido adquiriam uma espécie de vida... (leia mais)

Airo Zamoner




Default



   > Kate Lúcia Portela de Assis

  AUTOR  
 
Kate Lúcia Portela de Assis

  Poesias
  O Reino Pancadão
  Bebidas... poéticas.!.
  Abaixo-assinado-inpirado!
  Provérbios líricos
  Oração do Omisso
  O Cravo e a Rosa
  Para o andar da poesia!...
  Era minha vez...
  Concurso para o magistério
  Educação Integral
  Por uma faxina na Casa Interior
  Gramática Psicológica
  Oração do Contador de Histórias
  Um poema de família!...
  Bolo da Divina (uma receita para crer em Deus)
  Retrato dos Tarefeiros do Bem
  Um poeta dorminhoco...
  Poema da Exclusão
  Artigos
  O português são dois, três, quatro...
  Era outra vez...
  Pollyanna
  Pluft
  Tistu
  De cigarras e de formigas
  Chapeuzinho Amarelo
  O pássaro sem cor
  Ensaios
  A Terapêutica da Literatura
  Diário de Sherazade II
  Contos
  Daminha Draminha
  Fábula da Gatinha
  Príncipe Rapunzelo Sapo de Oz
  Entre duas paixões!...
  O corvo e a raposa (adaptação)
  Receita da Felicidade
  Gracinhas matrimoniais
  Um príncipe encantador!...
  Grãos de areia
  Crônicas
  Super... child!
  Detector de Mãe!...
  A Rua dos Textos
  Infantil
  Universo Infantil
  Família de Todos!...
  Diário de Natália
  Prece do Coração
  O macaco e a banana
  Meu amigo Baú
  A ovelha cor-de-rosa
  Sapo Sapeca
  A abelhinha feliz
  O Caracol Bisonho
  O Coelhinho Fanrtasista
  Pezinhos de Vitinho
  O ursinho casmurro
  Boquinha do Virtinho
  Pensamentos
  Decálogo do Leitor (inspirado em Alberto Mussa)
  Amar, e não se armar!
  Miss Biblioteca
  Pacotes espirituais
  Brincando de ser culta
  Preserve o patrimônio lúdico!...
  Amigos
  Diário de Sherazade I
  Diário de Sherazade III
  Diário de Sherazade IV
  Diário de Sherazade V
  Carta ao Príncipe Encantado
  Diário de Sherazade IV (Contação de Histórias)