Busca: 

Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha
 
  Área do autor

Publique seu texto

RUGAS DE UM SORRISO

Ah, aqueles tempos de DCE (DIRETÓRIO CENTRAL DOS ESTUDANTES)!. Sua sede social ficava(ou ainda fica?) ali na rua Gonçalves Dias, bairro de Lourdes, na bela capital mineira As horas dançantes aconteciam quase sempre aos sábados. Era um festival de moças bonitas e casadoiras. Os universitários ali se reuniam para uma paquera geral. Normalmente, os rapazes permaneciam em pé, muitas vezes caminhando em volta das mesas, sem ocupá-las, para não pagarem gorjetas ao garçom. Iam diretamente ao bar e compravam suas bebidas. As moçoilas, sim, sentavam-se às mesas, às vezes com seus pais, parentes, ou acompanhadas de colegas, irmãos ou... (leia mais)

GERALDO DE CASTRO PEREIRA




Sexo e Dança de Salão

Quando “fui iniciada” nas artes da dança de salão, no início da década de 1990, percebi algo nebuloso e fortemente relacionado a sexo na atividade. Desde então venho observando, analisando, pesquisando e estudando a natureza desta relação. Precisei de anos para chegar ao ponto de entendê-la. Por ocasião do meu primeiro contato com a dança de salão, percebi que esta atividade exercia uma influência avassaladora sobre o comportamento sexual das pessoas de qualquer faixa etária. Inicialmente, imaginei que isto se devia ao fato de que a dança de salão é dependente da relação de masculinidade e feminilidade. Esta relação se dá por... (leia mais)

Maristela Zamoner




Default



   > Maristela Zamoner

  AUTOR  
 
Maristela Zamoner
Maristela Zamoner. É autora de livros, capítulos, artigos de divulgação e científicos desde 1995, totalizando cerca de uma centena de publicações. Paletrante em eventos como Festival de Dança de Joinville - Ritmos a Dois (SC), Semana da Mimulus (MG), Encontro Campinense de Dança de Salão (PB), Salão Rio Dança (RJ). Profissional em Dança de Salão desde 1995, recebeu prêmios nacionais e internacionais como professora, dançarina e coreógrafa. Entre os prêmios destacam-se Mérito Educacional (Estado do Paraná), destaque pelo prêmio Itaú-Unicef de educação e pela entidade Soroptmist (EUA/Flórida), obtendo primeiro lugar do Prêmio Jovem Talento - Dança de Salão. Atua profissionalmente em consultorias ambientais e como bióloga no Museu de História Natural Capão da Imbuia, onde desenvolve atividades como organização e publicação de materiais bibliográficos. É Licenciada em Ciências Biológicas (UFPR), Especialista em Educação (IBPEX) e mestre em Ciências Biológicas (UFPR).